background
logotype

Pólo Complementar da Cidadelha

Polo da Cidadelha

Este polo consiste num miradouro com vista para uma esplêndida paisagem. Apoiado por uma pequena construção de madeira (observatório), este espaço contém um suporte de informação (Ponto de Biodiversidade ou Biospot) para ampliar o conhecimento dos visitantes. Com o intuito de não interferir nos vestígios arqueológicos aqui existentes, este miradouro encontra-se assente num afloramento rochoso.

Para os amantes dos lepidópteros (borboletas e traças), esta é uma ótima área para se instalarem confortavelmente e observarem os diversos tipos de borboletas que aqui vêm reproduzir-se. No polo da Cidadelha encontram-se abundantemente várias espécies que aqui se concentram para encontrar o parceiro e acasalar, num fenómeno denominado “Hill-topping”.

Algumas das espécies frequentes nesta área são:

- Cauda-de-andorinha (Papilio machaon)

- Borboleta Zebra (Iphiclides feisthamelii)

- Trívia (Melitaea trivia)

- Laranja-quadrada-do-sul (Melitaea deione)

- Borboleta-Quercus (Neozephyrus quercus)

Nesta zona, pode encontrar-se uma flora diversificada, nomeadamente:

- Carvalho-Negral (Quercus pyrenaica)

- Azinheira (Quercus rotundifólia)

- Sargaço-Escuro (Cistus monspeliensis)

- Bico-de-Cegonha (Erodium cicutarium)

- Cila-de-Outubro (Scilla autumnalis)

 

No Polo da Cidadelha pode-se descobrir tudo isto e aproveitar para a captura de imagens únicas.

 

Observatório da Cidadelha

 

 

Vista do Alto da Cidadelha

 

 

Vista do Alto da Cidadelha

 

 

Alto da Cidadelha

 

 

Vista do Alto da Cidadelha para a Barragem de Prada

 

 

 

 

 

 

 

 

2017  Parque Biológico de Vinhais