background
logotype

Clube do Parque

Do Clube do Parque Biológico de Vinhais (CPBV) podem fazer parte integrante, não só todas as pessoas que tenham preocupações com as questões ambientais e que pretendam colaborar com o Parque, como também as que, gostando do contacto direto com a Natureza, pretendam participar ativamente na sua conservação e preservação.

Objetivos

1.   Proporcionar experiências e vivências de proximidade com o ambiente do Parque Biológico de Vinhais;

2.   Defender, promover e divulgar o Parque Biológico, apoiando a conservação paisagística, ambiental, cultural e humana da região onde o Parque Biológico se insere;

3.   Fomentar nos membros do CPBV a sensibilização para os problemas ambientais, nomeadamente para a sua ação na defesa e recuperação dos habitats naturais das várias espécies e incentivá-los a divulgar esta forma harmoniosa e salutar de convívio com a Natureza.

Como ser membro do CPBV

1.   A adesão é voluntária e livre, carecendo do preenchimento de uma ficha de inscrição própria, entregá-la nas instalações do Parque e proceder ao pagamento de uma quota cujo valor será anualmente fixado;

2.   A inscrição no CPBV dá direito a entradas gratuitas, a descontos nos produtos adquiridos na nossa loja (10%) ou nas atividades recreativas promovidas pelo Parque (20%).

 

Projeto de voluntariado

O programa de voluntariado do Parque Biológico de Vinhais corresponde a um conjunto de ações de interesse comunitário e pedagógico, realizadas de forma desinteressada, sem contrapartidas financeiras e alicerçado no princípio da responsabilidade. A vinda do voluntário(a) ao Parque deverá ser encarada como uma “devoção” e não como uma obrigação.

Pretende-se com este programa:

1.   Estreitar, promover e fomentar o envolvimento da comunidade na vida e funcionamento diário desta estrutura, nomeadamente pela execução de trabalhos e tarefas diversas, próprias de um espaço com estas características, nomeadamente no apoio ao tratamento, maneio e limpeza dos animais e infraestruturas a eles associados;

2.   Criação, gestão e manutenção de espaços verdes, percursos (dentro e fora do Parque) e Polos Complementares, entre outras.

Como aderir ao trabalho voluntário no Parque?

Apenas é necessária a inscrição em ficha própria e posterior entrega nas instalações do Parque.

As tarefas podem ser desgastantes e cansativas, mas são, seguramente, muito gratificantes e compensadoras.

O trabalho voluntário não decorre de uma relação subordinada, nem tem contrapartidas financeiras, podendo ter lugar num quadro de autonomia e pluralismo alicerçado no princípio da responsabilidade.

Qualquer ajuda será bem-vinda.

É simples!

O PBV e os animais ficar-lhe-ão muito gratos. Obrigado!

Projeto de apadrinhamento

Sabia que no Parque Biológico de Vinhais pode apadrinhar um animal?

Ao apadrinhar um animal, está a contribuir para a preservação, alimentação, higiene, construção ou melhoria das condições de habitat, maneio e bem-estar da espécie escolhida.

Apadrinhar um animal é criar um vínculo pessoal de carinho e responsabilidade. 

O padrinho/madrinha pode escolher como quer ajudar, não há um compromisso rígido, é ajustado por si:

•     Contribuição financeira obrigatória (mínimo 2euros/mês);

•     Poderá participar na divulgação do seu protegido, acompanhá-lo e mimá-lo;

•    O padrinho/madrinha pode participar nos cuidados de higiene do animal e no enriquecimento da sua instalação (por exemplo, com árvores, comedouros, bebedouros ou pequenos utensílios);

•     Poderá contribuir com o fornecimento de alimentação.

Os apadrinhamentos têm a duração de um ano e durante este período, os padrinhos/madrinhas podem acompanhar o seu “afilhado” gratuitamente.

 

2017  Parque Biológico de Vinhais